quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Tu.


'Mas tu me vens com esse charme, natural e ousado. Eu disfarço, mas me encanto, enquanto o meu olhar oculto só quer te encontrar. Tu que sempre me faz rir de bobagens e coisas sérias,tu e tua singela timidez que combina com meus desejos, tu e tua perfeita boemia, trocando a noite pelo dia, há que horas irás chegar?'
"Saio em cada entardecer na esperança de te ver"...


Um comentário:

Laís Botelho disse...

Rapha tu escreveste isso? Oo

se for....TU escreve muito beeeeeem!!
Eu sabia que escrevia bem mas agora vejo q tu tens O dom!
Parabéns...
Texto perfeito...mara como todos os outros.., pq não escreve um livro?!
Eu compro o 1º!! \o/

orgulho da filhina ;)